Arrepio Produções
iTSITES Tecnologia
FacebookTwitterYouTube

Entrevistas

YEKUN

17 de novembro de 2014

A banda Paulista está com uma nova formação, vamos saber nesta entrevista como andam as coisas com este quinteto que faz um som diferenciado e único dentro do Heavy metal. Quem responde nossas indagações é o vocalista JP Carvalho.

 

Arrepio: Depois do primeiro trabalho ‘Inside My Headache’ e de recentemente terem lançado um bootleg ao vivo intitulado: ‘Live At Kaffeklubben’ (este bootleg pode ser baixado gratuitamente pela internet, endereço no fim da entrevista), a banda passou por um período meio conturbado, como está sendo a divulgação do material on-line e qual a repercussão disso tudo?

JP Carvalho: Ainda estamos dentro de um turbilhão, mas bem mais ameno do que era há dois ou três meses. Mas tudo está se encaixando e também em momento algum deixamos de ensaiar ou de compor. O lançamento do Live está indo bem, apesar de ser um Live de verdade, com qualidade duvidosa as pessoas tem recebido bem,porque mostra o que é realmente o Yekun ao vivo, sem edições ou qualquer tipo de maquiagem no som, essa foi a proposta e tem sido interessante a reação das pessoas ao Live.

Arrepio: A banda possui um estilo único, Como vocês tem trabalhado esta questão na hora de compor! Tem alguma dificuldade na hora de fazer algo diferente para fugir dos clichês ou armadilhas da produção e tecnologia?

JP: Acho que fazemos o som que gostamos de ouvir, sempre que alguém traz um riff ou uma ideia de riff, logo ela toma a forma do som do Yekun que é de ser pesado, com andamento lento. Dificuldade não encontramos nenhuma, somos todos amigos, nos divertimos fazendo um som juntos e o clima acaba sendo muito mais de diversão do que de estresse.

Arrepio: Os membros da banda possuem gostos que abrangem estilos diversos desde o jazz, passando pelo Hardcore e Heavy Metal oitentista, isso colocado no liquidificador traduz no estilo ímpar da YEKUN?

JP: Com certeza, o Yekun é um apanhado de tudo que ouvimos atualmente e durante a vida toda, desde os clássicos até bandas obscuras de Heavy Metal, Jazz,Eletrônico, Dark Music e até mesmo Pop. Preferimos de verdade a música climática,música cíclica, música com camadas que transportem emoções, seja ela raiva ou tranquilidade. Eu mesmo acredito que se uma música não é capaz de te despertar qualquer sentimento, certeza ela não volta para o seu player.

Arrepio: A gravação de um cover: Moleque Pobre, da banda Melody Monster tem essa característica, ou seja; as influencias diversas fazem a diferença do som na hora de compor?

JP: Tenho uma história pessoal com o Melody Monster, fiz parte da banda por um tempo e sou amigo dos caras até hoje, a ideia do cover já estava toda na minha cabeça, como não toco nenhum instrumento, passei a ideia do riff e do andamento de boca pros caras e o resultado você pode conferir na gravação e perceber como o Yekun funciona, cada membro dessa banda é uma engrenagem necessária e vital a banda.

Arrepio: Nos fale sobre o inicio da banda e da repercussão do primeiro trabalho: ‘Inside My Headache’?

JP: Fico feliz toda vez que falo do Inside, fizemos um trabalho sem muita pretensão,com o intuito de apresentar a banda para as pessoas, e ele extrapolou todas as expectativas que tínhamos em relação a ele. Foram milhares de downloads, milhares de likes em nossa página no facebook e melhor, resenhas extremamente positivas.
Acho que ele não foi mais longe porque existem jornalistas que não resenham um produto se não estiverem com o material físico em mãos, o que eu particularmente acho ridículo hoje em dia, é como o Inside não foi lançado em formato físico,chegou uma hora que todas as possibilidades se encerraram e por mais que nós nos desdobrássemos nas promoções, nós e nossa Assessoria, não tínhamos mais o que se fazer pelo Inside em termos de divulgação na mídia especializada.

Arrepio: A Profissionalização da banda tem a ver com a Assessoria da Metal Media? Até que ponto uma assessoria pode contribuir no andar da carruagem?

JP: Apesar de levarmos o Yekun devagar, temos muita seriedade e compromisso com o som e com a imagem da banda. A Metal Media sempre foi o parceiro ideal para a banda, antes do Yekun eu já trabalhava com eles com o Heresia 666 e sabia que seriam as pessoas certas. Profissionais, amigos, parceiros para todas as horas, podemos dizer que já passamos da fase cliente/prestador de serviço, hoje somos uma família, unida e feliz.

Arrepio: Depois de trocar o guitarrista vocês pretendem lançar um CD em formato físico em 2015 ou ainda não existe esta pressão?

JP: O Yekun caminha com a maré, por mim, que sou o mais pilhado de todos, já tínhamos lançados uns 40 CDs, mas tivemos a troca de guitarrista, que apesar de totalmente integrado a realidade do Yekun, em nada mudou a nossa forma de fazer as coisas. A pressão vem da gente mesmo, compomos, produzimos e lançamos o nosso próprio material, temos como política, sempre disponibilizar para download gratuito e planos de lançar tudo em formato físico assim que possível. Temos muita coisa composta, muitas ideias em andamento, mas fazemos as coisas dentro da nossa realidade, não damos um passo maior que a perna nunca.

Arrepio:Gostaríamos que relacionasse para os leitores quais as bandas Brasileiras tem ouvido ultimamente?

JP: Nossa! Sou uma máquina de absorver música, ouço de tudo, todos os dias, mas ando ouvindo muito HellArise, NoWrong, Alkymenia, Devil ́s Punch, D.I.E., o Korzus novo que tá muito bom, Nervosa, Claustrofobia, Hatend, Sweet Storm, Hibria,Cambones, Oligarquia, Makinaria Rock, Zênite e também um cara que só descobri esses dias, Rodrigo Marenna que tem uma voz espetacular e lançou um single há pouco tempo que está direto no meu player.

Arrepio: Pra fechar, qual line-up atual? Gostaríamos de agradecer a paciência em nos responder,obrigado e sucesso a Yekun.

JP: Hoje o Yekun é composto por mim no vocal, Vlad a bateria, Gerson no baixo, André Abreu e Bruno Di Turi as guitarras. Eu que agradeço imensamente pelo interesse em nosso trabalho e pela oportunidade dada a mim de poder falar sobre o Yekun e nossos planos. Pode ter certeza que tem muita história do Yeka ser escrita nas páginas da música pesada nacional, e nós iremos, até o fim. Obrigado!

2012

Inside My Headache

Web EP

Independente

- See more at: http://metalmedia.com.br/yekun/#sthash.hcOJwUBM.dpuf

 

Mais Informações:

e - mail: yekunmusic@gmail.com

Facebook: https://www.facebook.com/yekunmusic

Twitter: https://twitter.com/yekunmusic

Reverbenation: http://www.reverbnation.com/yekun

Assessoria de Imprensa: http://metalmedia.com.br/yekun/

2012

Inside My Headache

Web EP

Independente

2014

Live At Kaffeklubben

Live EP

Independente

- See more at: http://metalmedia.com.br/yekun/#sthash.hcOJwUBM.dpuf

 

Fim da Entrevista

Compartilhe

 

Outras Entrevistas

Murder Worship
© 2009-2017 - Arrepio Produções - Patos de Minas - MG
FacebookTwitterFeed RSSE-mailYouTube