Arrepio Produções
FacebookInstagramWhatsAppTwitterYouTube

Resenhas

Guilherme Costa: “Light of Revelations”(2019)

Terça-feira | 15 de outubro de 2019
por Romulo Carlos

Compartilhe

Nacional – Independente 


O Músico mineiro Guilherme Costa,já é bastante experiente no quesito música,seja instrumental ou cantada. Seu canal no Youtube faz releituras de clássicos do rock/metal e tem dicas sobre guitarra,e para completar ele é colunista do portal GuitarShred . 

 

 Light of Revelations, é seu primeiro álbum completo,sucessor de seu bem sucedido primeiro  EP “The King’s Last Speesch (2016),(resenha : https://arrepioproducoes.com.br/resenhas/?n=zUOMEQXa92 ). 

O álbum Light Of Revelations(2019), retrata em 08 faixas (na versão física vem com o EP de  bonus), composições instrumentais e cantadas, muitos estados em que a mente humana pode se encontrar.  

O conteúdo fala sobre o estado de paz ou o conflito  violento contra nós mesmos. Este conceito de dualidade, mostra que através dos nossos estados mentais podemos ser nossos melhores amigos, mas ao mesmo tempo nossos piores inimigos. 
 
Fight Against Myself: canção que abre o disco, fala sobre os conflitos internos que temos dentro de nós. A música tem a participação de Gus Monsanto nos vocais e sua sonoridade foi baseada no grunge anos 90, tem aquele som mais rústico mas o conteúdo da letra é interessante,assim como os riffs são bem bacanas. . 
 
Bloody Wars: a primeira faixa instrumental do disco, possui temas característicos e teve como principal influência trilhas sonoras de games dos anos 90. Uma intro hipnotizante com guitarra/bateria/baixo e muitos riffs velozes. Também possui influências de guitarristas como David Gilmour(Pink Floyd), Marty Friedman (Cacophony,Megadeth) e Steve Lukather (
Toto ). 
 
Inside My Mind: uma das baladas do disco que tem uma dinâmica diferente das outras músicas. Possui influências de Steve Vai, John Mayer, Ritchie Kotzen,The Edge e também de alguns elementos do fusion e do blues. Jeitão de música dos anos 70, mais lenta e introspectiva! 
 
Rising Star : segunda música cantada do disco e possui a participação do cantor de hard rock Jefferson Gonçalves nos versos e de Gus Monsanto nos refrões e na ponte. A letra foi inspirada no caso Carrefour em que um cachorro foi espancado por um segurança na frente do estabelecimento e foi a óbito horas depois de ser socorrido,na época houve muitos protestos nas redes sociais. Baseada neste contexto,temos  uma dificuldade de convívio com os animais.  Na parte musical, o hard rock hard rock anos 80 e no post-grunge anos 2000são referências. 
 
The Sound of Hope:faixa instrumental que tem como tema baseado no guitarrista Paul Gilbert (
Mr. Big ), aquele bom hard rock dos anos 70 e 80. Boa sacada das guitarras e ótimos riffs.  

  
At Invitation to the Soul:  sem a dinâmica da guitarra ou do contrabaixo,nem o peso da bateria. É o momento de um instrumental solo apenas com as dedilhadas no violão. 

  
Light of Revelations: faixa título do disco e a terceira faixa com vocal,a música tem a  participação de Gus Monsanto nos vocais. A letra da música diz sobre a luz das revelações, que é uma luz que possuímos dentro de nós e que é nossa guia em nossos objetivos e nas batalhas pelos nossos sonhos. Na parte instrumental,a sonoridade tem um lance heavy metal melódico, influência bandas como Stratovarius, Angra entre outras.Muita velocidade na bateria,guitarras afiadas e o baixo para balancear. É uma faixa com muita técnica e precisão,demonstrando muito conhecimento dos músicos na parte instrumental e nos arranjos. 
 
Homeland: última faixa instrumental do disco. Uma mistura de música Brasileira com influências do thrash e aquela pegada de Luiz Gonzaga. Tudo muito bem feito,com qualidade técnica incrível,dosado dentro do limite,sem discrepancia. 

Com Influências de músicos Brasileiros e estrangeiros,e de várias vertentes desde o Heavy melódico,passando pelo grunge,rock clássico e o Heavy Tradicional,o músico Guilherme Costa deixa  seu legado musical de qualidade acima da média,com letras e arranjos muito bem elaborados, uma técnica particular incomparável,digna de grandes músicos como Joe Striani,Kiko Loureiro,Tony Iommi. 

“Light of Revelations”,é um grande disco deste ano de 2019. Parabéns aos músicos que participaram desta obra de arte! 

 

Tracklist: 

Tracklist: 
01. Fight Against Myself (feat. Gus Monsanto): (03:45) 
02. Bloody Wars: (04:25) 
03. Inside my Mind: (03:47) 
04. Rising Star (feat. Jefferson Gonçalves): (04:32) 
05. The Sound of Hope: (04:33) 
06. A Invitation to the Soul: (02:23) 
07. Light of Revelations (feat. Gus Monsanto): (04:38) 
08. Homeland: ( 03:54) 

Na versão física há 3 faixas Bônus,que é nada mais nada menos do que o primeiro EP. 

Bônus Track: 

09 – Come On And Play : (5:11) 

10 – The Beginning Of a Journey : (3:42) 

11 – The King’s Last Speech 

 
   
 

Ficha Técnica: 
 
Guitarras: Guilherme Costa  

Baixo: Celo Oliveira  

Vocais: Gus Monsanto e Jefferson Gonçalves  

Produção: Gus Monsanto e Celo Oliveira 

 Mixagem e Masterização: Celo Oliveira  

Arranjos de teclado e flauta: Celo Oliveira  

O disco foi gravado no  Dalva 1 Studios em Niterói-RJ. A capa foi resultado do trabalho entre o fotógrafo Bruno Bavose e a artista Ana Morais 
 

Links Relacionados: 

Facebook:www.facebook.com/guilhermecostaguitar 

Youtube:https://www.youtube.com/channel/UCpmpC_MVlYk7xg7DH5Di8PQ 

Soundcloud: https://soundcloud.com/guilherme-costa-134984803 

 

 

Outras Resenhas

© 2009-2019 - Arrepio Produções - Patos de Minas - MG
itsit.es