Arrepio Produções
iTSITES Tecnologia
FacebookTwitterYouTube

Resenhas

Resenha: Apophanous " Obliteration Has Come" (EP)

Domingo | 16 de julho de 2017
por Diego Vinhal Murray

Apophanous – Obliteration Has Come (EP)

(2016 – Independente/Digital)

Formada em 2015 na grande São Paulo capital, o quarteto que cuja proposta é fazer um Thrash Metal Progressivo, lançou no ano passado o seu primeiro trabalho autoral, um EP contendo 4 faixas e sendo lançado somente pela plataforma digital!

Temos aqui uma banda com um potencial totalmente sensacional, de inicio aos primeiros acordes de Origins Of Violence já dá pra vermos o quão técnicos os caras são! “Origins Of Violence” a primeira faixa do EP, é uma música que me lembrou totalmente o grande “Nevermore”, os riffs, harmonias e melodias da música são bem na linha dos caras, possui belas mudanças de tempo onde variam do cadenciado a levadas mais rápidas! Os backing vocals que tem nessa música são muito parecidos com a voz de “Warrel Dane” (ex vocal do Nevermore), uma bela faixa de abertura do trampo dos caras, foi a faixa que mais gostei do trampo dos caras! Seguindo para a próxima faixa temos “Bright Evil Eyes”, uma música já um pouco diferente da faixa anterior, onde começa em um riff de guitarra mas lento e na própria intro da música os caras já fazem uma bela variação com os tempos da música. Esta já é uma música que já segue uma levada mais cadenciada até no meio onde  vem umas passagens mais rápidas, não gostei muito das linhagens de mudanças de vocal nessa música, pois, gostei muito dos vocais guturais de Vitor Alcântara e nessa faixa ele mescla com alguns vocais mais limpos que na minha opinião achei desnecessário, mas, é somente uma crítica! “Like An Angel” é a penúltima faixa do EP, com um riff na intro bem legal fazendo uns fraseados de guitarra a música começa, após a intro já vem os riffs cantados com um vocal sensacional, onde os versos dessa música me lembrou bastante uma banda nacional chamada “Fafnir”, a linhagem de vocal e umas passagens dos riffs do verso me lembrou um pouco! No meio da música vem uma sequencia de riffs quebrados que ficou bem da hora, a guitarra faz umas passagens fazendo uns harmônicos que ficaram muito bons! Mais uma vez, os vocais no refrão foram totalmente desnecessários, não por eu não ter gostado mas o vocais guturais de Vitor se encaixaram muito bem na banda, e quando eles fazem essa linhagem de vocal mais limpo em algumas partes da música fica parecendo que sai totalmente fora da música, é estranho.

Fechando o primeiro trabalho dos paulistas vem “Death Drive”, mais uma introdução que me lembrou bastante o “Nevermore”, após a bela intro corrida a música já entra em uns riffs mais Groovies onde me lembrou um pouco os mineiros do “Tormento”.

Uma música totalmente cheia de passagens e mudanças de tempo, calcada também mais no cadenciado. Bom, apesar da banda se intitular “Thrash Metal Progressivo” eu não acho que eles têm influência e pitada de Thrash Metal no som, eu já diria que o som dos caras é mais um Groovie Metal com pitadas de Metal Progressivo e também é um tipo de som bem moderno. Os destaques desse trampo pra mim vão para a música “Origins Of Violence” e para os extraordinários solos de guitarra de “Tiago Lima”, os solos ficaram demais, muito bem feitos e trampados pra caramba, mostra-se que é um excelente guitarrista!

Apophanous é:

- Tiago Lima – Guitarra

- Vitor Alcântara – Vocais

- Alvaro Albuq – Baixo

- Fabio Trevisan – Bateria

 

Obliteration Has Come (Ep) Track List:

1 – Origins Of Violence

2 – Bright Evil Eyes

3 – Like An Angel

4 – Death Drive

Contatos:

E-mail: apophanous@gmail.com

Bandcamp: https://apophanous.bandcamp.com/releases

Facebook: https://www.facebook.com/apophanous/

Deezer: http://deezer.musica.uol.com.br/artista/10567919/apophanous

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCWxvtdZS5rw1a56PvfTsHlQ

Acessoria: http://www.sanguefrioproducoes.com/artistas/APOPHANOUS/43

Spotify: https://play.spotify.com/artist/62IKjJLYgazvuZ2cZl1vSM?play=true&utm_source=open.spotify.com&utm_medium=open

Compartilhe

 

Outras Resenhas

Murder Worship
© 2009-2017 - Arrepio Produções - Patos de Minas - MG
FacebookTwitterFeed RSSE-mailYouTube