Arrepio Produções
FacebookInstagramWhatsAppTwitterYouTube

Resenhas

Hellish War :"Wine Of Gods"(CD)

Terça-feira | 19 de novembro de 2019
por Diego Murray Vinhal

Compartilhe

Hellish War: "Wine Of Gods"
(2019 – Independente)


O quinteto paulista de Heavy/Power Metal (pra mim uma das melhores bandas de Heavy/Power brasileira) Hellish War, lançou o seu mais novo álbum de estúdio em 19 de Julho de 2019, como de se esperar um belíssimo trabalho mantendo sempre a verdadeira essência de seu estilo!

Eu particularmente sou suspeito pra falar pois sou um grande fã da banda e pra mim sua cronologia de álbuns vem sempre um melhor que o outro, isso é fabuloso!

Após 6 anos de espera sem nenhuma música divulgada, “Wine Of Gods” finalmente é lançado onde o último trabalho da banda e atual era “Keep It Hellish” (2013)!

Pra começar já vou destacar o ponto principal, estão prontos para uma aula de Heavy Metal? Se não, preparem-se!


Temos aqui 10 faixas e um álbum altamente fabuloso, a banda como sempre mantendo sua linha de se fazer Heavy Metal da forma mais fiel e tradicional que se pode imaginar! Wine Of Gods é recheado de belos elementos extremamente sensacionais e marcantes! Os riffs de guitarra me fez lembrar bastante o Judas Priest, aquela pegada oitentista , riffs extraordinários com uma pegada e criatividade ímpar, um ingrediente que o Hellish War sabe usar e muito bem! Belos duetos e solos de Vulcano e Daniel Job intercalam excelentemente entre passagens e bridges e que soam bem marcantes como em todos os álbuns da banda!

Os baixos soam com um timbre sensacional, dando peso e preenchendo muito bem todos os esqueletos das músicas, os arranjos são feitos com dosagem certa e nas partes que seguem com um bom destaque nas músicas.


Daniel Person como sempre um monstro na batera com suas excelentes linhas e levadas, sejam elas rápidas ou cadenciadas, acho sensacional algumas partes em que ele faz umas quebras de tempo dentro das levadas e também destaca-se bastante as viradas que são bem criadas e executadas!!

Agora temos os vocais do grandioso Bil Martins, pra mim um dos melhores vocalistas brasileiros do estilo, sempre com o seu belíssimo timbre de voz e a agressividade da mesma, sou um grande fã do ex vocalista Roger Hammer, seus três trabalhos com a bandas são sensacionais e indiscutíveis (Defender Of Metal, Heroes Of Tomorrow e Live In Germany) mas Bil encaixou na banda como se fosse a peça que estava faltando.

Na minha opinião, eu senti muita falta dos seus agudos com drive poderosos como no álbum Keep It Hellish (2013) que pra mim é fácil fácil o melhor disco da carreira da banda, inacreditável o quão Bil canta naquele disco e ao vivo também, em Wine Of Gods eu senti um vocal mais tímido e quieto digamos assim mas isso não chega a ser negativo e sim somente a minha opinião, de qualquer forma soam sensacionais.

O destaque do novo álbum fica na faixa “Falcon” pra mim, que música foda, que refrão marcante e viciante, sem falar em todos os ingredientes da música em si! E antes de finalizarmos temos um outro grandioso destaque e uma participação excepcional no novo álbum o grandioso e extraordinário Chris Botendahl (Grave Digger) na faixa “Warbringer” uma pedrada que só! Vale destacar também a produção do álbum que é excelente!

Enfim, mais um belíssimo trabalho dos mestres do Hellish War!!!

Stay Heavy!!


Hellish War é:
- Bil Martins – Vocal
- Vulcano – Guitarra
- Daniel Job – Guitarra
- J.R. – Baixo
- Daniel Person – Bateria


Wine Of Gods track list:
01 – Wine Of Gods
02 – Trial By Fire
03 – Falcon
04 – Dawn Of The Brave
05 – Devin
06 – House On The Hill
07 – Burning Wings
08 – Warbringer (Participação Chris Botendahl)
09 – Paradox Empire
10 – The Wanderer

 

 

Outras Resenhas

© 2009-2019 - Arrepio Produções - Patos de Minas - MG
itsit.es