Arrepio Produções
iTSITES Tecnologia
FacebookTwitterYouTube

Entrevistas

Chaos Synopsis

24 de fevereiro de 2015

Banda de Deathrash Metal,formada em 2005 na cidade de São José dos Campos,interior de São Paulo. Ano passado foi realizada a "Killing in Tour" no ano de 2014,ao todo foram 16 shows,8.300 km rodados em shows que passaram por várias partes do país,inclusive foi a primeira vez que a banda passou pelo nordeste. Confira a formação da banda e leia essa maravilhosa entrevista concedida pelo simpático Jairo Vaz.

Line - up:

Jairo Vaz - Last Chants 4 Corpse
Friggi - Madbeats
JP - Bloody Melodies and Investigation
Marloni - Killer Strings

Arrepio: Gostaria que vocês relatassem como foi o início da banda e a repercussão do full álbum KVLT OV DEMENTIA (2009) e como foram os shows no Paraguai e Polônia?

Jairo Neto: Com o começo das atividades em 2005, a ideia sempre foi tocar o máximo de shows possível, conhecer novos lugares e pessoas e nos divertir. Quando lançamos “Kvlt ov Dementia” já tínhamos uma boa base de fãs, o que levou ainda mais longe o som na época do lançamento. Tanto o show paraguaio quanto os poloneses foram excelentes, assim como todos os shows feitos no Brasil na época, tocávamos cada vez mais rápido e angariamos muitos fãs nessa fase.

Arrepio: No segundo trabalho da banda: ART OF KILLING (2013) percebemos uma evolução e aprimoramento técnico incrível. Isso se deu de forma natural ou essa evolução ocorreu com a experiência de palco?

Jairo: Tudo faz parte do amadurecimento, tanto musical como pessoal. Ficar muito tempo na estrada, fazer show direto e ensaiar bastante, além do tipo de música que cada integrante ouve acaba mudando muito a forma de compor e isso influencia diretamente como é possível ver em “Art of Killing”, embora as características básicas de nosso som esteja ali, que são a velocidade e violência aliadas.

Arrepio: Geralmente os veículos de comunicação como revistas e zines quando resenham o material de determinada banda, classificam o estilo de acordo com suas convicções. Na opinião de vocês, qual é o estilo da banda hoje?

Jairo: Embora tenhamos influência de vários estilos, acredito que num modo mais básico de classificar, o Chaos Synopsis é uma banda de Thrash/Death metal.

Arrepio: Temos visto que o underground tem melhorado em vários aspectos, tanto para o público quanto para bandas. No caso do Chaos Synopsis o que melhorou nestes quase dez anos de atividade em relação a banda e o underground?

Jairo: O acesso a equipamentos melhores ficou mais fácil nesses últimos anos, o que se reflete na qualidade dos shows que temos feito e assistido, tanto bandas quanto produtores dispõem de opções melhores hoje.

Arrepio: Gostaria de saber qual música de vocês não pode faltar nos shows da banda! Aquela que é obrigatória, o público pede sempre?

Jairo: Spiritual Cancer, que foi gravada em nossa demo “Garden of Forgotten Shadows” e depois regravada em “Art of Killing”, essa muita gente pede. Após a gravação do clipe de “Son of Light” do album “Art of Killing”, ela acabou se tornando obrigatória também, com todos cantando ela toda vez que tocamos.

Arrepio: Recentemente vocês participaram com outras bandas de um show com arrecadação de brinquedos para serem doados no dia das crianças. Atitude nobre e que demonstra uma postura diferente que algumas pessoas insistem em ter em relação aos roqueiros. Fale-nos deste show?

Jairo: Não costumo ser ligado a causas sociais, mas tenho filho e sei como uma ação dessa é importante para crianças que não tem possibilidades de ganhar um brinquedo no natal, é gratificante poder fazer parte disso e agradecemos à produtora Insane Inc. por ter nos convidado ao evento.

Arrepio: A banda fez parte do casting do EXTREME HATE FESTIVAL (07 DEZ/14 – SÃO PAULO), juntamente com as bandas SUFFOCATION (EUA), CRYPTOSY (CANADÁ), BELPHEGOR ( ÁUSTRIA), e uma banda da WATAIN (SUÉCIA). Isso demonstra que uma turnê na Europa e um trabalho bem feito abrem muitas portas?

Jairo: Com certeza, trabalhar em uma banda que quer crescer demanda esforço, horas de trabalho, longe da família, correndo atrás de oportunidades. Quanto mais você faz e mais aparece, mais as pessoas (público, produtores, bandas) vão reconhecer o seu trabalho e abrir portas.

Arrepio: Gostaria de agradecê-los pela entrevista. Deixem aqui seu recado para o público que ainda não conhece o trampo de vocês?

Jairo: Eu é que agradeço o espaço, é sempre legal compartilhar a história da banda, ideias pessoais e falar sobre a paixão em comum de todos no meio, o Heavy Metal. Aos que ainda não conhecem a banda, acessem nosso site e nos acompanhem nas redes sociais.

Contatos:

www.chaossynopsis.com

http://lab6press@gmail.com

https://www.facebook.com/chaossynopsisbr

Fim da Entrevista

Compartilhe

 

Outras Entrevistas

Murder Worship
© 2009-2016 - Arrepio Produções - Patos de Minas - MG
FacebookTwitterFeed RSSE-mailYouTube